CAMOCIM OFF ROAD 2018 - IX EDIÇÃO ... AGUARDEM...

15 de maio de 2012

COMUNICADO PARTIDO DOS TRABALHADORES - PT



O Partido dos Trabalhadores em Camocim vai realmente decidir se faz coligação ou se tem candidatura própria no próximo dia 26 de maio. A nova votação foi imposta por uma comissão do Diretório Estadual que entendeu que a votação realizada no dia 29 de abril foi feita de forma irregular e desrespeitou vários preceitos do Estatuto do Partido dos Trabalhadores. O recurso imposto pelo Movimento PT de Camocim articulado pelos partidários Edmar Lopes e por mim, Denílson Siqueira, apoiado pela Irmã Luizinha e Roselena Uchoa bem como pelos demais filiados que se sentiram prejudicados por não ter havido a ampla divulgação entre os filiados ao partido do que iria ser votado, dentre outras irregularidades, foi julgado na manhã desta segunda feira. 
O presidente do diretório municipal e a comissão executiva deverão organizar a nova votação seguindo o que rege o estatuto partidário. Sendo decidido pela comissão estadual que o encontro que debaterá as teses (de coligação ou candidatura própria) deverá acontecer dia 21 e a votação dia 26 maio.
Fica aqui o meu protesto contra a imprensa radiofônica e de internet em Camocim que por descaso ou intencionalmente não escutou os dois lados para opinar sobre a questão. Das duas uma: ou é tendenciosa, ou quer esconder de seus leitores a verdade por algum motivo obscuro; desmerecendo portanto a credibilidade da opinião pública camocinense. 

Denílson Siqueira.

2 comentários:

Anônimo disse...

é o mesmo que trocar seis por meia-dúzia. Todos estão usando o PT por interesse próprio. O que perdeu é 11 e que ganhou é 40. Por isso eu sou Padre Manelzinho, por que lá sei que não tem jogo político. Somos a terceira opção.

Oo OrLoKo oO disse...

Prof. Adahilson disse...
Muito lamentável este momento dentro do PT de Camocim da qual faço parte. Ao invés de estarmos discutindo um projeto para Camocim onde propiciaria uma melhor vida para essa população sofrida, estamos tratando dessas pendengas ocasionadas por esta gestão atrapalhada e incompetente que só causa tumulto. Inclusive eu como filiado ao PT de Camocim há muito tempo, tenho que buscar na justiça a inclusão do meu nome na listagem do TSE não sabe se por incompetência ou maldade mesmo. Mas sou solidário ao grupo e também aos filiados que estão buscando de maneira democrática e de direito pelo voto nas decisões do partido. Não de maneira unilateral e autoritária. Na historia do partido houve muita luta e derramamento de sangue dos nossos companheiros que buscavam seus direitos e sempre respeitando as diferenças, etc. Temos um dos estatutos mais democráticos do Brasil. Agora sim se faz cumprir. Tenho certeza que das cinzas, irá surgir um PT forte e coeso para as eleições que se aproximam.