Postagem em destaque

CAMOCIM OFF ROAD 2017

UM DOS MAIORES TRILHÃO DA REGIÃO

SAÚDE E PAZ A TODA NAÇÃO TRILHEIRA - OBRIGADO PELA PARTICIPAÇÃO... 126 PILOTOS INSCRITOS... CAMOCIM OFF ROAD...

22 de abril de 2012

VEREADORES DE CAMOCIM MANDAM PROMOTOR CUIDAR DOS MAIS DE 2,5 PROCESSOS DE PENSÃO ALIMENTÍCIA EM CAMOCIM, AO INVÉS DE FICAR FALANDO DE PROTOCOLO DA CÂMARA MUNICIPAL



Os vereadores de Camocim não gostaram da atitude do Promotor de Justiça, Paulo Henrique Trece, de ir a uma emissora de rádio da cidade e dizer que o legislativo não tem protocolo. O vereador Emanoel Vieira disse que desde a época do presidente Jarbas Ferreira, existe protocolo, e o homem da justiça está desinformado."Vou mandar para ele essa informação, comunicando que no legislativo existe sim protocolo. Mandarei inclusive o carimbo, para ele tomar conhecimento". Finalizou Emanoel.
Edil Jarbas Ferreira
O vereador Jarbas Ferreira-PPS, foi mais além, afirmando que lamentava muito ouvir um Promotor chegar em uma rádio e não ter assunto, falar de protocolo do legislativo. "Um promotor desse vai a emissora de rádio, e o repórter ou apresentador fica logo com medo. É promotor, é Juiz, é um bichão do mundo. O repórter pensa logo que o promotor é um bichão, e na realidade não é. Ele é apenas no papel dele, porque nós estamos cumprindo o nosso. O Promotor é homem igual à gente. O Doutor no lugar de está falando do protocolo da Câmara na rádio, deveria sim está tentando com o juiz, o julgamento das pensões das pessoas. São pensões alimentícias e que estão atrasadas, e filhos passando fome. São mais de 2,5 mil processos que estão no Fórum. Tem que ter vergonha na cara e poder julgar os casos com os juízes. Ir ao uma rádio falar de protocolo da Câmara, é não ter assunto mesmo pra falar".
Jarbas Ferreira comentou ainda, que o município tem muitos problemas para serem resolvidos, e ir em uma emissora falar disso, é muita desinformação de um Promotor desse. E finalizou: " tudo que está acontecendo é porque estamos em um ano político. Ai os edis são atacados. É lamentável".

Fonte Blog do Marcelo Marques

Nenhum comentário: