CAMOCIM OFF ROAD 2018 - IX EDIÇÃO ... AGUARDEM...

28 de dezembro de 2010

PSDB, agora, quer saída de Gony Arruda

Desde o último dia 23, a cúpula do PSDB avisara que o tucano que aceitasse compor o novo secretariado do governador Cid Gomes precisaria se desligar da sigla. Gony Arruda diz que vai conversar com o partido
A presença do tucano Gony Arruda no primeiro escalão do novo governo de Cid Gomes (PSB), no comando da Secretaria dos Esportes (Sesporte), desagradou a executiva estadual do PSDB, que, desde o último dia 23, já havia sinalizado que o correligionário que aceitasse compor a gestão do governador reeleito precisaria se desligar do partido.
O presidente estadual interino do PSDB, deputado federal Raimundo Gomes de Matos, que disse ter tido conhecimento da ida do tucano para a Sesporte pela imprensa, confirmou que a executiva vai exigir o desligamento de Arruda, caso ele seja nomeado pelo governador.
“Em todos os estatutos dos partidos, no capítulo dos deveres e direitos dos filiados, está bem claro que este, quando convidado a assumir cargo ou função de confiança em governos não apoiados pelo partido ou que na eleição não tenha participado de coligação, deve pedir autorização à Comissão Executiva ou pedir seu desligamento do partido, coisa que em momento nenhum, na atual presidência, nós não fomos contactados”, justificou Gomes de Matos.
No entanto, o presidente deu sinais de que Gony Arruda ainda terá uma chance de permanecer no partido. “Cabe ao parlamentar indicado averiguar o que o regimento prevê e avaliar o convite formulado. O fato só se concretiza depois da nomeação. Não posso fazer nenhum pré-julgamento”.
O povo


Nenhum comentário: