SIGA O FUSCA - AVENTURA A BORDO DE UM FUSCA

24 de fevereiro de 2010

Crônica de Fernando Veras: O Personnel Poiter.


Poita: de acordo com o famoso Aurélio é um corpo pesado que se usa nas pequenas embarcações, em vez de âncora, para fundear. Na gíria popular essa palavra também siginifica a famosa “boca livre” ou o já famoso 0800, onde a farra completa com comida e bebida é sempre por conta dos outros. Ou seja: poiteiro é o cara que só se diverte se for pendurado em alguém. Não existe diversão completa sem a participação dos amigos ou da família, ainda mais se esses companheiros e familiares estão bem de vida e em condições de encarar qualquer festa. No entanto, com esse desemprego eterno e as dificuldades de se conseguir dinheiro sem trabalhar cada vez maiores - os pais não aguentam sustentar as farras dos filhos – muitos amigos nunca tem nenhum puto no bolso. E quando tem, ninguém vê. Desempregado “por opção” na maioria das vezes (porque que quem quer trabalhar arranja trabalho), sem a família pra dar dinheiro, a única saida honrosa é recorrer aos amigos.E você? Costuma sair em grupo? Conhece algum poiteiro?Claro que conhece. É dificil uma mesa onde todos colaborem na hora de pagar a conta. Tem sempre um “liso amigo” de plantão para filar uma cerveja ou beliscar o tiragosto alheio. Nessa hora os mais generosos sempre se dão mal. O “deixa aí que eu pago” ou o “esse aí é meu”, alivia os poiteiros e os incentiva a ir fundo nas mesas desses mecenas das farras.Nessa seara dos aproveitadores tem personagem de todo tipo. Tem o que só recebe dia 11, mas nesse mesmo dia já está sem nada no bolso; tem o que só chega na farra depois do almoço, que é pra não colaborar com a cota do tiragosto; tem os que só bebem “cana” pura pra não ajudar na compra do refrigerante; os que só bebem sem gêlo pra não colaborar com a compra do gelo; tem os que juram que pagam depois e nem se lembram disso na hora da cobrança; tem os que confiam naquele amigo de sempre e entram na festa na maior moral, totalmente liso; tem o poiteiro de político que sempre que encontra um bebendo já se senta na mesa e nem pergunta se pode; tem até blogueiro poiteiro que nunca pagou uma cerveja na vida, só na poita do coitado do vereador.Entre esses “seres lisos” tem os que, por serem agradáveis ou já terem tido dinheiro no passado são sempre requisitados para as festas mesmo sem nunca colaborar com nada. Tem também os amigos que ajudam na farra. Ou emprestando a moto (pedindo sempre o da gasolina, claro) ou indo comprar as coisas ou preparando o tiragosto, lavando as louças ou limpando a casa depois da festa, etc. Esse tipo colabora até mais que os que dão cinco contos e comem e bebem o dia todo.Tem também os amigos que já andam com o seu poiteiro predileto do lado.- Esse aí é meu brother! Aqui vc não paga nada!- Deixa a parte dele que eu pago! É o famoso “Personnel Poiter” (alguma coisa como poiteiro pessoal), aquele cara que só anda com aquele mesmo amigo que paga tudo alegremente sem reclamar nunca.E você nobre leitor? Também tem o seu amigo liso predileto para sair nas baladas? Ao longo da vida já tive vários amigos assim. Tem dia que a gente está de bom humor, com dinheiro sobrando e paga mesmo sem reclamar e até convida o poiteiro pra sentar; outros dias a gente reclama, chama o cara de liso na frente de todos, mas, para o poiteiro profissional não tem cagaço que ofenda, desde que você pague a conta no final.
Fonte Camocim Noticias
EM NOSSA CIDADE É MUITO FÁCIL ENCONTRAR ESSAS AUTARQUIAS!!!

5 comentários:

Fernando Veras disse...

Obrigado por publicar minha crônica. Fiquei surpreso e feliz por saber do seu interesse por textos que falam sobre o nosso cotidiano. Grande abraço.

Luis Lopes disse...

Grande abraço Fernando, não o conheço pessoalmente, admiro seus comentários e fico grato por sempre acessar nosso blog. Ficamos a disposição, qualquer coisa que o nobre amigo quiser publicar aqui será um prazer!

Maria das Dores disse...

Esse personagem é muito mais popular do que se imagina. Como tem poiteiro em Camocim! Fernando apenas retratou esse cotidiano com muito bom humor como em muitos de seus textos.

Anônimo disse...

Fernado meu brother, você é CARA!!!
Seus textos tem conteúdo e são da muita importância para todo internautas camocinenses. Parabéns

Fernando Veras disse...

Valeu Jonatas! Obrigado pelo elogio. Também prestigio seu blog e comento sempre que o assunto me interessa. Grande abraço.